Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 26 de setembro de 2010

Sistemática e Taxonomia

Fonte: Vídeo-aulas "Vestibulando Digital"
Sistemática e Taxonomia são estudos da biologia voltados para a classificação e a compreensão dos seres-vivos.

Exemplo:
Em uma praia existem fixados a rocha, as anêmonas e os mexilhões. Há também águas-vivas e camarões nadando.
A que filo pertence esses animais?
Diante da diversidade que se encontram os animais na natureza eles apresentam algumas semelhanças. Semelhanças essas que pemitem os biólogos classificarem esses animais de acordo de acordo com algumas evidências ecológicas ou então anatômicas e também em evidências no processo evolutivo.
É a mesma coisa você imaginar uma cena: Um consumidor vai ao supermercado e encontra os produtos misturados. Isso torna difícil a localização de um produto específico que o consumidor queira comprar.
O trabalho de separar, organizar, classificar e identificar cada produto é feito por funcionários do supermercado. Os produtos são separados por tipo em prateleiras e devidamente identificados para tornar eficaz a compra dos consumidores. Os produtos são classificados de acordo com alguns critérios. Então existem prateleiras com produtos de higiene, prateleiras com produtos pessoais, limpeza e alimentos.
-------------------------
Assim ocorre na natureza. Para facilitar o estudo dos organismos, eles são organizados como os produtos de um supermercado, entretanto os organismos continuam vivendo no leu local de origem. Apesar dos animais de mesma espécie tenderem a viver na mesma área, o que os sistematas fazem é visitar os locais ou então pegar uma amostra para estudo em laboratórios. A partir disso as descrições dos animais e plantas são armazenadas em livros e recentemente de forma virtual em banco de dados. Então ocorre uma organização apenas das informações sobre os organismos. Mas também há locais onde são armazenadas espécimes (um representante de uma espécie) conservadas para estudo não-destruitivo. Porém o principal objetivo dos biólogos é evitar a retirada dos organismos do meio em que vivem e apenas catalogá-los.
---------------------------- Trecho de autoria de Reginaldo Ferrão, administrador do blog "Super Biologia"

Os biólogos (sistematas) classificam os seres-vivos.

Animais:
No reino animal nós encontramos a água-viva, um celenterado nadante e também marinho.
Camarão, um animal muito importante economicamente. Este animal apresenta patas articuladas e corresponde ao filo dos artrópodes.
O gato e o homem são exemplos de de animais mamíferos.

Com base nos diversos tipos de animais que a natureza apresenta, todos com características que os evidenciam, como podemos classificá-los?
Além das diferenças que os separam, existem as semelhanças que os tonam mais ligados.
Para iniciar uma classificação podemos pegar o gato, um dos animais mais domesticados do mundo, como exemplo. O gato receberá 8 classificações para ser totalmente classificado. Então vamos a identificação do gato como organismo na natureza:

Gato:
  1. Reino = Animalia (Todos os animais)
  2. Filo = Cordata (Notocorda, tubo nervoso central)
  3. Subfilo = Vertebrata (Vertebrados)
  4. Classe = Mamalia (Mamíferos)
  5. Ordem = Carnivora
  6. Família = Felidae
  7. Gênero = Felis
  8. Espécie = Felis catus
Regra: No nome da espécie do animal, o gato recebe a definição onde o primeiro nome é o mesmo da definição do gênero seguido de um segundo nome em letra minúscula. O nome da espécie será sempre binomial, formado pelo gênero e a espécie.

Como acabamos de observar, nós temos o reino animalia. Dentro do reino animália temos vários filos. E você precisa conhecer os principais representantes desses filos. Dentro do reino "animalia" nós temos os "invertebrados" que são os animais que não possuem vértebra e os animais "vertebrados" que possuem vértebra.

Representantes do subfilo dos invertebrados:
Poríferos: Animal com o corpo em forma de vaso. É um animal marinho. Existem algumas famílias aqui no Brasil que são de água-doce, mas a maioria dos animais poríferos são marinhos.
Celenterados: Sendo um dos representantes a água-viva que é um animal nadante. Temos também as anêmonas fixas nas rochas.
Platelmintos: Um dos principais representantes desse grupo é o verme solitária. Um parasita humano que pode ser transmitido através da carne de porco ou de boi.
Asquelmintos: Também chamados de nematóides. Um dos representantes é o Ascaris Lumbricóides conhecido popularmente como lombriga causador de uma doença conhecida como ascaridíase.
Anelídeos: Possuem anéis chamados de "clitelos". Este anel participa do processo de fecundação das minhocas. A minhoca é a representante do grupo dos anelídeos e apresenta o seu corpo segmentado. Os animais anelídeos apresentam os dois sexos ao mesmo tempo, por isso são animais hermafroditas ou monóico. Nós vamos encontrar o sexo masculino e feminino no mesmo indivíduo.
Moluscos: A principal característica desses animais é o corpo mole. A ostra é um representante dos moluscos. É um animal bivalva (com duas conchas). Protegendo a parte interna do animal. essa ostra é secretada. Temos também o polvo que é um animal cefalópode, ou seja, os membros de locomoção se projetam diretamente da cabeça. Este animal não apresenta concha externa nem interna.
Artrópodos: Representando o filo dos artropodos está o camarão, um animal importante para o comércio alimentício. Há também o siri. A característica principal desse grupo são as patas articuladas. Esses animais também apresentam um exoesqueleto bem desenvolvido.
Equinodermos: A "bolacha da praia" pertence a esse grupo. É comumente confundida com a estrela-do-mar. Ouriço. A principal característica dos equinodermos é o corpo coberto por espinhos. Equino = espinhos, dermos = pele.
Esses são os principais representantes do grupo dos invertebrados e suas características. Para uma maior compreensão são necessários mais estudos específicos.

Representantes do subfilo dos vertebrados:
Neste subfilo estão os animais que possuem vértebras. Pertencem ao filo dos cordados (que possuem um tubo nervoso central, notocorda e fendas branquiais). Conheça agora os representantes dos cordados-vertebrados:
Protocordados: São animais primitivos, mais simples. O anfioxo é um exemplo de protocordado e muito utilizado em embriologia.
Ciclostomados: Possuem a boca redonda. É um animal marinho que parasita os peixes. Sua coluna vertebral é incompleta e sua cabeça é rudimentar.
Peixes: Temos os peixes cartilaginosos (tubarão, arraia e cação) e peixes ósseos (sardinha e lambarí) ambos vertebrados.
Anfíbios: Animais de transição. A vida aquática serve apenas como fase para reprodução. A partir da fecundação na água há o desenvolvimento larval do girino e posteriormento o animal continua se desenvolvendo no ambiente terrestre, mas ainda dependerá da água para se reproduzir. É um animal que tem uma vida ambígua.
Répteis: A tartaruga é um dos representantes dos répteis. Neste grupo estão os primeiros consquistadores do ambiente terrestre depois que a vida migrou da água para a terra. Suas características são a pele seca para suportarem a temperatura ambiental.
Aves: Característica principal é a presença de penas. São homeotérmicos, isto é, seu sangue possui uma temperatura estável e varia de acordo com a temperatura ambiente como os pecilotérmicos.
Mamíferos: Os golfinhos são importantes animais mamíferos e marinhos, mas a maioria dos mamíferos são terrestres e voadores. A principal característica dos mamíferos é a presença de glândulas mamárias que alimentam os filhotes. Há também o desenvolvimento da placenta que abriga os filhotes durante a gestação onde são alimentados pela mãe. No entanto a placenta não é característica absoluta, existem os cangurus que são animais marsupiais e seus filhotes são abrigados em uma bolsa abdominal. O ornitorrinco também gera seus filhotes em placentas, pois são monotremados e juntamente com as équidnas são os únicos animais mamíferos ovíparos existentes.

Mas voltemos à pergunta inicial deste texto:
Em uma praia estão fixados juntos à rocha, anêmonas e mexilhões. Há também águas-vivas e camarões. A que filo pertencem esses animais?
Anêmonas e águas-vivas pertencem ao grupo dos celenterados (cnidários) que são animais muito simples que apresentam uma cavidade gástrica. Sendo a água-viva um celenterado nadante e a anêmona um celenterado fixo.
Mexilhões pertencem ao filo dos moluscos. São animais de consistência mole que possuem uma concha para se protegerem.
Camarões pertencem ao filo dos artrópodes (ou artrópodos) que possuem como característica principal as patas articuladas.

2 comentários:

Marinarafael2015@gmail.com disse...

Então devemos divididos cada um em seu filo

Marinarafael2015@gmail.com disse...

Então devemos divididos cada um em seu filo