Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Impacto das Atividades Antrópicas na Biosfera

Princípio Antrópico:
Esse princípio estabelece que o universo existe porque existimos, ou seja, o universo pssivelmente foi formado para abrigar a vida inteligente de forma aparentemente proposital. Exemplo: Se a gravidade da Terra fosse 1% menor desde o início, então a vida do ser humano não teria surgido porque a vida, em geral, também não teria surgido devido à gravidade menor . Isso não possibilitaria a síntese da primeira molécula biológica. Esse princípio é defendido por Stephen Halking, físico renomado.

O termo "antrópico" em biologia significa "humano", a ação humana na natureza. O homem faz parte de um subsistema dentro de um sistema (nesse caso a biosfera). Sendo assim o título se refere às influências do homem no planeta Terra.


O que vem a ser biosfera?
Biosfera é um conjunto de ecossistemas que compõem o nosso planeta. O termo "biosfera" é a definição dada à "esfera (planeta) da vida". É a vida espalhada em nosso planeta. A formação e constituição da biosfera aconteceu desde o surgimento de vida na Terra. De acordo com as datações isso aconteceu a cerca de 3,5 bilhões de anos (O planeta tem 5 bilhões e o universo 16 bilhões).
Há 3,5 bilhões de anos atrás a Terra tinha um aspecto diferente. As condições do planeta eram praticamente inóspitas à vida pela sua exigência atualmente. Nessa época haviam apenas quatro gases; metano, nitrogênio, vapor d'água e amônia. Havia uma grande quantidade de descargas elétricas e apresentava a ausência total do gás oxigênio. Essas eram as condições da atmosfera primitiva da Terra.
Surgiram primeiramente, seres vivos que não possuiam a capacidade de produzirem o seu alimento (Seres Heterótrofos). A partir da evolução dos processos metabólicos e do surgimento dos indivíduos mais complexos essa biosfera foi se transformando. Por isso que é importante saber que a composição da biosfera com sua evolução e transformação não pode ser desvinculada da análise evolutiva dos seres-vivos. A biosfera apresenta uma limitação. Essa variação atinge desde ás altitudes mais elevadas como as profundidades dos oceanos que podem chegar a 11 quilômetros abaixo do nível oceânico, em regiões abissais de nossos oceânos. A biosfera pode ser dividida em três grandes ciclos:

Talassociclo:
Se trata de um importante ciclo rico em diversidade. O talassociclo corresponde ao ecossistema dos oceanos e é dividido em dois grandes domínios: Bentônico e Pelágico.
Domínio Bentônico - É caracterizado pela região de fundo, o fundo do oceano.
Domínio Pelágico - Representa a massa d'água do talassociclo. Cada um desses domínios apresenta características específicas.
É interessante notar que as características físicas como a temperatura, são bem uniformes no talassociclo. O talassociclo também pode ser dividido em duas partes: A região eufótica onde há presença constante da luz e região afótica (sem luz). E quanto aos organismos do talassociclo, isso é bem específico em provas, que podem ser planctônicos, nectônicos e bentônicos.
Planctônicos - São organismos que não apresentam a capacidade de nadar, de se locomover. Elas ficam a mercê da correnteza.
Bentônicos - São aqueles indivíduos que vivem no substrato, no fundo do mar. Podem ser fixos (sésseis), ou então livres e podem se deslocar como os siris.
Nectônicos - Organismos capazes de nadar como os peixes e os mamíferos marinhos

Limnociclo:
Compõe todos os ecossistemas de água-doce. É dividido em duas províncias:
Província Lótica - Compõe as águas correntes. É interessante que nesta província, não há uma grande diversidade ou quantidade de indivíduos devido à disseminação e da correnteza. Província Lêntica - Compõe as águas paradas como lagoas e lagos.

Epinociclo:
Compõe todos os ecossistemas da terra firme. Cada um desses ecossistemas depende do clima onde estão fixados. O clima integra o conjunto de fatores físicos que compões um ecossistema. Podemos citar um dos mais importantes dos ecossistemas do epinociclo: A tundra, a taiga. a floresta temperada, a floresta tropical, o cerrado, a caatinga e os manguezais como acontece em nosso Brasil.

Lembrete: Talassociclo é o conjunto dos ecossistemas marinhos. Epinociclo é o conjunto dos ecossistemas terrestres. E Limnociclo é o conjunto de ecossistemas de água doce.
Cada um desses ciclos é caracterizado fisicamente e biologicamente de acordo com suas características. Veja também que o talassociclo é dividido em dois "domínios". O limnociclo é dividido em duas "províncias" e o epinociclo é dividido em vários "ecossistemas".

Ação Humana (Antrópica) nos ecossistemas (Biosfera)
A busca incessante por energia faz com que o homem, de maneira descontrolada, utilize os recursos da nossa biosfera. Por exemplo:
Precisamos de energia para nos alimentar, então temos que plantar. E para essa plantação para obtermos uma grande quantidade de alimentos para 7 bilhões de pessoas (2010) utilizamos muitos agentes nocivos como os inseticidas e fungicidas que podem comprometer os nossos solos e os nossos rios. Há também a fabricação de materiais de subsistência para nossas necessidades ou conforto como aparelhos eletrônicos, como maquinários para a própria agricultura. Por isso as indústrias tem que trabalhar de maneira intensa. E com essa produção intensa acaba liberando na atmosfera, solo e águas poluentes como gases que podem provocar a chuva ácida. É mais uma ação humana contra o planeta.
A queima de combustíveis fósseis tão comentada na mídia libera uma quantidade excessiva de CO2 (gás carbônico, dióxido carbônico) que gera o efeito estufa na atmosfera. O efeito estufa, o aquecimento é bom até certo ponto para vários seres vivos. Porém a liberação excessiva desses gases causa um aquecimento muito elevado e, consequentemente, o derretimento de calotas polares que, por sua vez, aumentam o nível dos oceanos comprometendo a vida dos litorais inclusive a humana. O efeito estufa não influencia apenas no aumento do nível oceânico, mas também pode interferir no metabolismo de diversos seres-vivos que poderia proporcionar um desequilíbrio ambiental em vários ecossistemas comprometendo a biodiversidade.
A liberação excessiva de gases e e liberação excessiva de matéria orgânica podem provocar uma eutrofização nas águas. Eutrofizar significa diminuir a concentração de oxigênio nas águas devido ao aumento da matéria orgânica nessas águas.
Uma outra ação perniciosa do homem na biosfera é a introdução de animais naturais de outras regiões em certa região que podem comprometar a biodiversidade local. Um exemplo prático dessa migração de organismos distantes é o que ocorre com organismos marinhos que acidentalmente entram no lastro (parte do navio que retém e libera água para controlar a estabilidade de um navio) de um navio na costa africana e são descarregados aqui após chegarem de viagem. Esses organismos podem afetar a biodiversidade local como já acontece em certas praias.
Lembre-se; a utilização de energias renováveis como a energia solar, energia eólica ou a utilização de biocombustíveis como o etanol são medidas que podem ajudar na manutenção e na preservação de nosso planeta. O controle da poluição e da biodiversidade e, principalmente, da sua preservação, tem que ser esclarecedores e dependem da educação da população.

2 comentários:

Magali Aragão disse...

Adorei a materia. Tudo muito bem explicado. Uma excelente fonte de pesquisa.

lelemaravilhosa disse...

AMEIIIIII
Achei mtooooo topper #recomendo